Portal da Cidade Pio IX

Fiscalização

Adapi faz trabalho de prevenção a peste suína no município de Pio IX

De acordo com o médico veterinário, Abdias Último, o consumo de porcos contaminados com o vírus da doença não afeta ser o ser humano.

Postado em 14/03/2019 às 14:52 |

Abdias Último médico veterinário da Adapi (Foto: Lucas Andrade)

A Adapi (Agência de Defesa Agropecuária do Piauí) está realizando um trabalho de fiscalização, controlando a entrada de suínos nas regiões limítrofes entre os estados do Ceará e o Piauí. Uma equipe está em Pio IX nessa Quinta e Sexta 14 e 15 de março, realizando barreiras sanitárias. 

No Ceará, o estado enfrenta um surto de peste suína, após aparecer mais de 40 focos no município de Forquilha. A única suspeita da doença, no Piauí, foi no município de Água Branca (PI) e foi descartada após análises técnicas. 

No caso de surgimento de suspeita da doença em alguma propriedade, será coletado sangue, preenchido um formulário e enviado para análise, se o resultado for positivo, é necessário a interdição da fazenda.

De acordo com o médico veterinário, Abdias Último, o consumo de porcos contaminados com o vírus da doença não afeta a saúde do ser humano.

"As vezes o cidadão pergunta se pode consumir a carne suína com a peste suína clássica, pode sim, é uma doença que não é zoonose ou seja, nem causa para o ser humano e nem do ser humano para o animal, no momento da fervura automaticamente é inativado o vírus", Informou o especialista.

Ainda segundo o veterinário, o impacto financeiro é a  grande preocupação do Estado. "A questão do impacto, é financeiro, imagine lá na forquilha no ceará que um fazendeiro teve que sacrificar duzentos suínos." 

A peste suína clássica pode ser aguda ou crônica, e sua sintomologia consiste em; febre alta, paralisia nas patas traseiras, manchas avermelhadas pelo corpo, dificuldades respiratórias, e pode causar malformações e abortos de fetos do animal.





Fonte:

Deixe seu comentário